sexta-feira, 19 de junho de 2009

SUBSTANTIVO - FLEXÃO DE GÊNERO

Quando uma palavra sofre algum tipo de variação, dizemos que ela está flexionada. Vejamos os tipos de flexão que o substantivo pode sofrer:

Menino – menina → mudou o gênero → flexão de gênero
Menina – meninas → mudou a quantidade → flexão de número
Menina – menininha → mudou o tamanho → flexão de grau

Em todos esses casos, uma parte da palavra se manteve igual: menin-. Essa parte guarda o significado básico da palavra. Ela é chamada de radical.

FLEXÃO DE GÊNERO – FORMAÇÃO DO FEMININO

Substantivos biformes – designam seres humanos ou animais e podem apresentar uma forma para o masculino e outra forma para o feminino, e ainda podem apresentar o mesmo radical ou radicais diferentes.

Gato – gata
Pombo – pomba
Galo – galinha
Maestro – maestrina
Freguês – freguesa
Camponês – camponesa
Remador – remadora
Professor – professora
Cidadão – cidadã
Anfitrião – anfitriã
Órfão – órfã
Leão – leoa
Leitão – leitoa
Conde- condessa
Barão- baronesa
Poeta – poetisa
Mestre – mestra
Elefante – elefanta
Parente – parenta
Avô – avó
Rei – rainha
Cavaleiro – amazona
Cavalheiro – dama
Genro – nora
Homem – mulher
Marido – mulher
Bode – cabra
Carneiro – ovelha
Cavalo – égua
Boi/touro – vaca
Zangão – abelha

Substantivos comuns de dois gêneros – substantivos que apresentam uma única forma para os dois gêneros; são, por isso, chamados de uniformes. Nesses casos, a distinção entre a forma masculina e a feminina é feita pela concordância com um artigo.


o/a estilista
o/a artista
o/a colega
o/a cliente
o/a dentista
o/a estudante
o/a gerente
o/a indígena
o/a jornalista
o/a pianista
o/a suicida
o/a modelo

Substantivos sobrecomuns – designam seres humanos que são sempre do mesmo gênero, mesmo quando se referem a seres do sexo masculino ou do sexo feminino.


O cônjuge
A criança
A testemunha
A criatura
O indivíduo
A vítima

Substantivos epicenos – substantivos de um único gênero que designam animais e algumas plantas.


A águia
A baleia
A borboleta
A cobra
O besouro
O jacaré
A palmeira
O mamoeiro

O gênero dos substantivos sobrecomuns e epicenos é sempre o mesmo; o que pode variar é o sexo do ser a que se referem. Quando se quer especificar esse sexo, constroem-se expressões como: criança do sexo masculino; um mamoeiro macho; uma fêmea de jacaré.

GÊNERO E MUDANÇA DE SIGNIFICADO

Há substantivos cuja mudança de gênero acarreta mudanças de significado. Observe:


O cabeça: chefe, líder
A cabeça: parte do corpo ou de um objeto; pessoa muito inteligente
O capital: conjunto de bens
A capital: cidade onde se localiza a sede do Poder Executivo
O crisma: óleo usado num dos sacramentos religiosos
A crisma: cerimônia religiosa
O cura: sacerdote
A cura: ato ou efeito de curar.


6º ANO - Carmela Dutra

Para complementar o conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário